Equipes da Prefeitura iniciam os trabalhos da campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual na abertura oficial do Maior São João do Mundo

Durante as mais de oito horas de festa, na noite de abertura do Maior São João do Mundo, no Parque do Povo, uma equipe da 9ª Ação Intersetorial, composta por psicólogos e assistentes sociais, realizou monitoramentos e abordagens no Parque do Povo, com o objetivo de coibir violações de direitos de crianças e adolescentes, como abuso e exploração sexual, consumo de bebidas alcoólicas, substâncias psicoativas, além de outras situações de vulnerabilidade, como a exposição de crianças muito pequenas, próximas à caixas de som alto, frio, entre outras.

Este ano, a campanha administrada pela Semas, através do Comitê Gestor que envolve as Secretarias de Educação (Seduc), Saúde (SMS), Cultura (Secult), e de Esporte Juventude Lazer (Sejel), celebra a nona edição e conta com novidades. Uma delas é o ‘Espaço de Proteção da Criança e Adolescente’, localizado no Centro da Jovem. O ambiente lúdico foi desenvolvido para acolher crianças e adolescentes que precisam ser assistidos, caso sejam encontrados em qualquer situação de vulnerabilidade.

“A ação intersetorial é uma conquista de Campina Grande, há muitos anos. A nossa expectativa é que não ocorram muitos problemas com as crianças e adolescentes durante esse período de festa. Estamos muito felizes inclusive com esse espaço lúdico para o atendimento e assistência especializada, nessa celebração de 160 anos de Campina Grande, durante o Maior São João do Mundo 2024. A nossa expectativa, é sempre uma festa mais tranquila e segura para nossas crianças e adolescentes”, ressaltou o coordenador da ação, Paulineto Sarmento.

A comerciante, Elane Cardoso (35), trabalha no Maior São João do Mundo há 10 anos, com um quiosque de bebidas e espetinhos. Ela reconhece a importância do monitoramento realizado pela Prefeitura, em relação aos cuidados com crianças e adolescentes.

“Já vi muitas crianças desacompanhadas aqui em outros anos, e acho esse trabalho muito importante, porque nesse horário elas devem estar em casa ou acompanhadas dos pais, por causa do perigo noturno. Aqui no quiosque, por exemplo, a gente sempre tem o cuidado de pedir para ver o documento de identidade com foto, para nunca vender bebida ou cigarro para adolescentes”, disse a comerciante.

Para o secretário Fábio Thoma, um trabalho diário por parte da Semas, que é intensificado durante o São João. “Nós estamos aqui atentos, com um grupo grande de abordadores para combater essas práticas e continuar protegendo nossas crianças e adolescentes. É um momento de intensificarmos esses cuidados, especialmente em parceria com os demais órgãos de proteção, que atuam no combate a todos os tipos de violações contra esse público.”, afirmou Fabio Thoma, secretário de Assistência Social.

Ação nos Distritos

O trabalho iniciado nesta quarta-feira, 29, junto com a abertura oficial d’O Maior São João do Mundo no Parque do Povo, já está sendo realizado no distrito de Galante, desde o último final de semana, no sábado e domingo (25 e 26); e em breve irá se estender aos distritos de São José da Mata e Catolé de Boa Vista, até o final dos festejos juninos.

Codecom

COMPARTILHAR